Solar do Queijo

solar

No Centro Histórico de Celorico da Beira, nas imediações do castelo em frente à igreja de Santa Maria, ergue-se o Solar do Queijo Serra da Estrela. Ao abrigo do Programa LEADER II, a Câmara Municipal requalificou e adaptou uma antiga casa solarenga da 2.ª metade do século XVIII, que ostenta na sua frontaria de estilo barroco, o brasão real e o brasão com as armas da vila, construindo uma autêntica catedral do queijo Serra da Estrela, inaugurada em novembro de 1998, pelo então Primeiro-ministro, Eng.º António Guterres.

Por força das condições edafoclimáticas e da flora específicas do concelho de Celorico da Beira, apascentam nos seus pastos férteis e verdejantes os maiores rebanhos de ovelhas da raça autóctone Bordaleira Serra da Estrela e Churra Mondegueira, produzindo-se aqui a maior quantidade de queijo Serra da Estrela (DOP), de qualidade ímpar, situação que granjeou para Celorico da Beira o epíteto de Capital do Queijo Serra da Estrela.

O Solar do Queijo Serra da Estrela é hoje, um dos ex-libris do património celoricense, verdadeira montra do melhor queijo produzido no concelho e espaço nobre de exposição, degustação e venda deste produto nobre da pastorícia, cartão-de-visita do concelho foi, recentemente, alvo de obras de manutenção e conservação transformando-se num espaço remodelado e mais atrativo.

Atendendo a que os tempos modernos são dominados pela tecnologia e a informação, esta operação de limpeza, embelezamento e modernização impunha-se, não só pelo peso da história do edifício – no passado, funcionou como Paços do Concelho, Tribunal, Cadeia, sede dos Escuteiros e dos Bombeiros Voluntários – como também, pela necessidade de adaptar esta sala de visitas do concelho, aos novos tempos, tornando-o mais moderno e funcional, sem contudo, perder o brilho e sumptuosidade que desde sempre o caracterizaram.

O espaço museológico e as salas de provas e vendas de queijo continuam bem definidas e separadas, apresentando agora um ar mais moderno. A decoração manteve o mesmo estilo: um misto de materiais rústicos com outros mais nobres e sofisticados.
No rés-do-chão, o visitante/turista encontra um espaço museológico mais atrativo, didático e funcional. No centro da sala está colocada uma vitrina, onde estão expostos os artefactos ligados à laboração do queijo e o vestuário do pastor e da queijeira. Num dos cantos da sala, foi recriada uma cozinha rural onde predominam os artefactos ligados à produção do queijo, os quais podem ser, simultaneamente, visionados no vídeo demonstrativo de todo o processo de produção de queijo e requeijão, que é projetado neste espaço durante a visita. Na parede, pode observar sugestivos painéis interpretativos de todo o processo de laboração do queijo e do requeijão, com textos em português, inglês e francês que permitem ao público estrangeiro compreender estes processos ancestrais de produção artesanal destas iguarias serranas.

No 1.º andar encontram-se as salas destinadas à realização das provas de degustação e/ou venda de queijo Serra da Estrela, amanteigado ou duro e de outros produtos do concelho.

Aceite o nosso convite e traga os amigos para (re)visitar o Solar do Queijo Serra da Estrela e/ou para saborearam alguns dos tesouros da gastronomia serrana: queijo Serra da Estrela, presunto, chouriço, requeijão e doce de abóbora, sempre acompanhados com pão centeio e regados com um bom vinho.

Esperamos por si!

Solar do Queijo

Image 7 of 7

fonte: Solar do Queijo